Como vender e atender bem seu cliente

Quem trabalha com vendas diretas e atendimento ao público, os cuidados com a abordagem do cliente e a forma como você faça com ele são cruciais para ter sucesso nas vendas, e isso independe do produto. Os mesmos cuidados na abordagem de vendas devem ser tidos tanto pelo gerente de um banco que está vendendo um seguro de vida de alto valor a um vendedor de mercearia que está oferecendo um metro de fita de cetim. 

como vender bem

Como oferecer seu produto a um cliente

A abordagem simples ainda é a melhor – a melhor forma de chamar a atenção do cliente é oferecer seu produto da forma mais simples possível. Muitas pessoas não curtem anúncios chamativos em alto falante ou vendedores que já te puxam já mostrando e colocando o produto na sua mão. Alguns curtem, mas não é a maioria. Uma abordagem direta, informando que você tem o item para vender, o valor e a forma de pagamento ainda é a mais agradável. Pode não vender sempre, mas a maior parte da clientela não se sente ofendido e pode voltar se sentir interesse em posterior.

Deixe um anuncio sonoro em volume agradável – você não quer gritar por ai em vendas diretas? Até mesmo as lojas fazem isso. Grave uma fita com música da moda, edite e deixe o anuncio rolando em um som portátil do lado de sua barraca ou ponto comercial. A técnica funciona muito bem em carrinhos de venda, bicicletas ou para quem está com vendas diretas em feiras, praias e praças.

Pergunte se o cliente já conhece seu produto – está é uma forma de puxar conversa em vendas diretas. Se ele já conhece, você frisa os benefícios do item que ele mesmo já conhece e até pode virar uma conversa instrutiva caso ele conheça mais do que você, o que de vez em quando acontece. Se não, você pode explicar como funciona ou o que tem de vantagem em relação a concorrência. A abordagem comparativa sem denegrir o produto dos colegas sempre é bem vista. Nada de falar mal de outros produtos, apenas destaque os pontos positivos do seu.


Fale das necessidades do cliente de uma forma divertida – se vende almoço, fale da hora que está tarde para uma boa refeição. Se vende joias, fale o quanto é importante estar bem vestida para aquela festinha de ultima hora com um bom par de brincos. 

Evite brincadeiras sexuais, racistas e piadas – alguns clientes curtem, mas são minoria e você espanta a maioria. Nada de piadas, em especial sobre religião, raça e sexo. Piadas sexistas apenas se você estiver vendendo um produto extremamente masculino e mesmo assim corre um enorme risco de não agradar aos mais conservadores. 

Sem intimidades demais com a vida do cliente – sem comentários sobre a sua vida ou algo que seja um pouco mais íntimo para ouvir. Muitos vendedores usem a busca da intimidade como forma de vender mais, mas isso é apenas para clientes antigos, pessoas com que a relação de vendas já supera os meses ou até ano que você até sabe dados pessoais do cliente. Mas para relações novas, mantenha-se na formalidade ao menos até a terceira venda. Caso vá sentindo espaço, pode usar informações importantes sobre a vida do cliente para oferecer mais produtos.

Como fazer um bom atendimento para o cliente que te procurou

Quer garantir a volta, uma fidelidade ao cliente? Atenda-o bem, o que nem sempre os vendedores fazem e acabam gerando um contra gosto até uma aversão a seu ponto comercial. O primeiro ponto e o mais importante é o tom de voz. Seja com voz fina ou grossa, tente manter o tom ameno e amigável. Mesmo que seu dia tenha sido muito ruim, a voz ríspida ou rígida deixa claro o seu mal humor e o cliente não gosta de ser mal atendido, costumeiramente procura outro vendedor quando o tom de voz não lhe agrada. Por isso seja simpático ao extremo, mesmo que a noite de sono não tenha sido boa ou você esteja com dor de cabeça. 

Evite tocar o tempo todo no cliente. A maior parte das pessoas não curte pessoas que falam tocando, prefere uma distância segura na abordagem de ao menos um passo. Fale em tom branco e de fácil audição mas com uma leve distância. Talvez um leve toque no ombro mas nunca mais do que isso.

Um bom vendedor deve estar sempre bem vestido

Não importa qual produto você venda, é importante estar vestido, de acordo com o local e o seu meio. Notamos e temos mais prazer por ser bem atendido por quem está bem vestido do que com um vendedor de loja com manchas na roupa, um furo na manga. Mesmo sendo um defeito simples, não vista. Procure suas melhores roupas, mas sempre de acordo com o ambiente.

Se vai vender lanche na rua, vista uma sandália limpa, bermudas ou calça e sempre uma camiseta sem rasgões ou fissuras. Não é porque você está em um ambiente simples que deve usar qualquer coisa. As pessoas associam roupas feias ou mal cuidadas a má higiene na produção dos produtos. O pensamento é: “se o vendedor está vestido assim para vender, como será que ele fica para preparar esse lanche?”. Quanto mais bem apresentável você estiver no momento da venda, mais será bem visto e garantirá fidelidade entre os clientes.

Itens de vestuário de proteção básica para vender lanches é o ideal, mesmo tendo que investir mais um pouco. Pode ser um avental para vender lanches, luvas para servir cachorro quente, um chapéu ou gorro para vender crepes, dentre outras formas. E se vai atuar na área de alimentação, quanto mais limpa parecer a sua roupa melhor para o público. 

Cuidados com a higiene pessoal são cruciais – não é preciso toda semana escovar os cabelos ou usar gel fixador, mas higiene básica é importante para o visual e uma boa apresentação do produto. Os dentes devem estar bem escovados, as unhas bem cortadas e os cabelos lavados e com bom aroma. Por perfume ser algo bem pessoal, use os mais leves e suaves para não agredir ao olfato do cliente.

Recomendamos para você

Os cursos acima poderão lhe ajudar e mudar totalmente a sua vida.

Vale muito a pena conferir, você irá se surpreender!

Deixe um comentário